betafly-color.png

Seja CEO da sua Marca Pessoal

1675986704647

Quando o economista Tom Peters deu à luz o conceito de Marca Pessoal, 25 anos atrás, revolucionou a maneira de enxergarmos o nosso espaço no ambiente dos negócios.

A introdução das ideias veio através de um artigo emblemático batizado de “The Brand Called You”, no qual ele diz que devemos assumir nossa posição como CEO da nossa própria empresa, a que chama de “Eu Ltda”. E que a tarefa mais importante é “ser o head de marketing” da nossa marca.

Seja qual for a idade, posição ou negócio, todos precisamos entender a importância da Marca Pessoal, pois vivemos em uma época em que os indivíduos podem ocupar o centro do palco, juntamente com marcas corporativas.  Por isso esse artigo permanece 100% atual, e inspira a todos que trabalham com o tema.

Nesse sentido, planejar o que desejamos deixar que o mundo veja é estratégico. Tudo o que você faz e fala (ou deixa de fala e fazer) comunica a sua marca.

Como faz uma empresa antes de iniciar suas atividades, precisamos refletir sobre nossos propósitos e missões.

Faça a si as mesmas perguntas que as companhias fazem. O que você faz de diferente que pode ter relevância para o outro? O que só você pode fazer ou faz melhor do que ninguém?

O mundo atual é composto por pessoas e pelos projetos que defendem. Quais são os seus projetos e como eles comunicam a sua marca?

Peters está certo quando afirma que hoje todos têm a chance de se destacar, de aprender, melhorar e desenvolver suas habilidades. “Todo mundo tem a chance de ser uma marca digna de nota”.

Se você deseja estabelecer uma marca forte, dificilmente conseguirá avançar sem chegar a um acordo com o poder: o seu próprio.

Lembrando que poder tem a ver com a percepção do outro.

“Se quer que as pessoas vejam você como uma marca poderosa, aja como um líder confiável. Quando você pensa em si como marca, não precisa de um organograma de autoridade para ser um líder. O fato é que você já é um líder. Você é o seu próprio líder.”

Assuma as responsabilidades do cargo de CEO – e lembre que, para muitas posições na vida, não existem atalhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + treze =