betafly-color.png

Pensando no futuro: por que o Vale do Silício é o lugar ideal para praticar netweaving

pexels-christina-morillo-1181605

Sim, netweaving. Você não está lendo errado.

Esse é um conceito mais atual do que é residual para as conexões. Pode até parecer semelhante a famosa – e na minha opinião antiga – ideia de networking, mas esse termo faz mais sentido para mim quando pensamos no sucesso de uma Marca a longo prazo.

O Vale do Silício exala conexões. Com diversas startups, empresas inovadoras, eventos de empreendedorismo, novos e ambiciosos empreendedores, uma enorme diversidade cultural, ouvimos muito sobre networking por aqui. Ela não é apenas uma palavra-chave, é uma das principais maneiras para atingir o sucesso do seu negócio e da sua carreira.

Mas, aqui é um lugar ainda melhor para a prática do netweaving e, assim, fortalecer a sua Marca com conexões duradouras.

Enquanto o termo networking traz consigo o sentido de conseguir contatos e fomentar a sua rede, para assim, atingir os seus objetivos e oportunidades no presente momento, o netweaving traz consigo a ideia do nós. É através dele que a questão principal deixa de ser você e o seu negócio, passando a ser: como eu posso resolver o problema dessa pessoa?

Esse é um tipo de comportamento que observo muito por aqui: grandes figuras agindo, desenvolvendo e inovando através da reciprocidade.

No livro “Dar e receber”, de Adam Grant, é citado que o grupo dos doadores são profissionais que praticam – ao meu ver – muito bem o netweaving. Eles se doam sem abrir mão do seu interesse, mas com a premissa básica de ajudar o outro sem esperar absolutamente nada em troca. Para o autor, essa cultura da reciprocidade é uma das principais práticas para alcançar o sucesso corporativo – e por que não fora desse ambiente?

Ao invés de pensar em conexões e interesses momentâneos, é preciso assumir uma nova abordagem. O netweaving te leva para muito além do momento presente - ele te garante o seu momento futuro.

O que você tem feito sobre isso?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − um =